Home » Filmes e Séries » Crackle, o “Netflix da Sony”, deixou de ser gratuito, mas quase ninguém notou

Crackle, o “Netflix da Sony”, deixou de ser gratuito, mas quase ninguém notou

Quem comprou uma Smart TV nos últimos 4 anos deve ter notado que o aparelho trazia instalado um app que exibia filmes e séries de maneira gratuita pelo modo on demand.

Crackle é o serviço de streaming da Sony Pictures Television Networks. Quem comprou uma Smart TV nos últimos 4 anos deve ter notado que o aparelho trazia instalado um app que exibia filmes e séries de maneira gratuita pelo modo on demand. Produções da Columbia Pictures, TriStar, Screen Gems e da própria Sony podiam ser assistidas por qualquer pessoa com acesso à internet.

Mas, como o que é bom dura pouco, a estratégia do Crackle mudou e agora eles oferecem o serviço utilizando um modelo baseado em parcerias com algumas operadoras de TV por assinatura.

O lado bom desta mudança é que agora o catálogo está mais recheado e as propagandas que eram exibidas a cada 10 minutos não existem mais.

Produções internacionais como Black-ish, Marvel’s Agent Carter e Criminal Minds entraram para a lista de conteúdos disponíveis. Títulos de destaque do cinema como Thor, Toy Story 3, Malévola, Homem-Aranha, Homem de Ferro, Piratas do Caribe, Ratatouille, O Livro de Eli e Os Vingadores, agora também podem ser assistidos no serviço.

O lado ruim é que agora o conteúdo não está mais disponível para todos.

O fato é que, mesmo no modelo anterior, a procura dos usuários pelo conteúdo do Crackle era muito baixa. Será que a mudança de estratégia resolverá este problema?

Redação

O autor:

A nossa equipe de redação é pequenininha. Cabe num fusquinha.

DEIXE SEU COMENTÁRIO